Um Dia Por Vez

E se cada dia fosse um tijolo?
Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios.(Salmos 90:12 - ACF)

De vez em quando a soberania de Deus (a qual é eterna, assim como ele) faz com que tenhamos impactos no nosso aqui e agora. Mas o interessante é que tais impactos também fazem parte dessa soberania.

Me veio à memória uma história que um chefe de um antigo emprego me contou, a qual era mais ou menos assim:

"
Certa vez, ao visitar uma enorme construção, uma pessoa parou diante de um operário e perguntou-lhe o que estava fazendo. O trabalhador respondeu: "Estou assentando tijolos".

Continuando seu passeio, o visitante fez a mesma pergunta a um segundo operário, recebendo como resposta: "Uma parede".

Mais adiante, inquirindo um terceiro trabalhador (a fazer a mesma coisa que os dois primeiros), teve como resposta: "Estou construindo uma catedral"."

Certamente o sentido que esse meu ex-chefe quis passar ao contar essa história era que a minha visão deveria ser mais ampla e que, talvez, eu não devesse julgar insignificante meu trabalho. Mas nessa reflexão o sentido será diferente.

Ninguém sabe quanto tempo vai trabalhar nessa construção. Ninguém sabe se o seu produto final será, de fato, um punhado de tijolo assentados, um muro ou uma catedral. Na verdade, só poderão dizer qual foi o produto final aqueles que permanecerem nesta vida após a partida daquele que foi o "pedreiro", além de Deus, é claro.

Por isso aquele que diz que está assentando tijolos não deveria ser reputado à posição de inferioridade, pois esse é o único que realmente sabe o que está fazendo e, portanto, o que sabe o que está falando.

Deus nos deu um único dia, o qual se chama hoje. Temos esse dia num tempo chamado Presente, palavra esta que, na língua portuguesa também alude a uma dádiva. Uma dádiva jamais pode ser desperdiçada. Segundo o Pr. Russel Shedd
"Dias não-contados referem-se a dias não-aproveitados, horas em que nada se fez ou não se aprendeu nada de valor.".

Por isso que a oração proferida por Moisés em seu salmo se faz tão necessária para nós. Que coloquemos todo o nosso empenho naquilo que pode ser o simples assentar de um tijolo, pois pode ser que disso resulte uma catedral a qual só terá um que poderá e deverá ser adorado: Deus!

Que Deus nos ensine a viver o hoje que ele nos dá, a fim de que em tudo venhamos glorificar seu Santo Nome. Até a próxima!